estudo3

Visão

Sou uma daquelas pessoas que deu muito errado, mas que todos que me apoiam (e esses são os que contam) dizem que eu tenho experiência. Pra ser sincero, sempre me perguntei do que adiantava isso. E ainda estou caminhando para descobrir. Na verdade, sempre estarei caminhando, quando parar é porque morri. Essa é, simplesmente, a minha visão… descobrir e aprender.

História

O Cursinho Med nasceu em 2012 e teve passou por diversas fases. O principal objetivo do projeto era se tornar útil e rentável, mas naquela época me faltava uma série de coisas, que hoje, eu tenho. Nasceu para ser focado em apoio aos estudantes que prestam medicina, mas não apenas. Hoje, a nova versão do projeto é reconstruir a minha própria história e ajudar quem precisar e quiser a fazer o mesmo pela sua, na qual vou dividir minhas habilidades e experiências com aqueles que assim o desejarem.

bruno

O autor

Bruno de Oliveira Pinto

Fundador e coordenador

Por acidente comecei a dar aulas desde muito cedo. Fui monitor, em pouco tempo fui contratado como professor do cursinho. Ao entrar na Faculdade, continuei contratado, dei aulas em mais cidades, me envolvi com o CUCA da Unesp de Araraquara, me arrisquei num negócio próprio ( um cursinho chamado ECOM Vestibulares, que deu origem ao Cursinho MED de hoje), ONG FONTE Araraquara, Américo Brasiliense. Trabalhei nos sistemas Ético, no CPM (Pet Medicina USP), cujo sistema era Poliedro, Curso Gabarito de Uberlândia, Curso ICL de Uberlândia e no CAP Quintino, Ribeirão Preto.

Já participei de estudos da VUNESP sobre os processos seletivos e de diversos eventos da COMVEST,  a comissão que organiza o vestibular da UNICAMP. Também já ministrei diversas palestras sobre o ENEM e a FUVEST para o cursinho da FEA de Ribeirão Preto, curso ICL de Uberlândia, Curso Gabarito e para o projeto SalvaGuarda.

No ramo editorial, já fui o responsável pela organização de uma apostila de 5 anos dos vestibulares da Universidades Paulistas, pelo curso Gabarito de Uberlândia.

Se eu não esqueci de nada, basicamente metade da minha vida foram dedicados ao vestibular, e, principalmente, aos vestibulandos, fossem eles alunos de escolas ou particulares.

Agora essa nova empreitada me anima muito! 😉

 

Vamos conversar?

Fique à vontade para falar comigo quando achar necessário!